terça-feira, 8 de março de 2011

A Geox vai ao Giro e o mais “giro” é não ir ao Tour


Antes de mais, aviso que este artigo continuará na linha dos anteriores (apontar uma série de hipocrisias) e, quem não gostou dos últimos temas dificilmente gostará de hoje.
Embora este blog não seja para dar notícias, há uma que não posso deixar de dar: a organização da Volta a Itália tomou uma decisão com a qual eu concordo. É verdade. Sem qualquer ironia, concordo com a ida da Geox ao Giro, o que é bom para a prova, para a equipa e, sejamos francos, é a decisão mais acertada.
Não é por ter base em Espanha ou patrocínio italiano que a Geox merece ir à Vuelta (em principio, vai), ou ao Giro… é por qualidade, e quando falo em qualidade não me refiro a ciclistas que poderão um dia ser bons. Refiro-me sim a ciclistas que, sem margem para dúvida, são bons e embelezam as corridas em que participam.
Carlos Sastre e Denis Menchov ficam de foram do Tour! Para os mais distraídos, Sastre tem seis top-10 no Tour, 2 no Giro e 7 na Vuelta, incluindo vitória e 3º lugar no Tour, um pódio no Giro e três na Vuelta. Quanto a Menchov, é simplesmente o melhor grande-voltista da sua geração, o melhor entre Armstrong e Contador. Vencedor de duas Vueltas e um Giro e dois terceiros lugares no Tour, incluindo no ano passado… o que se pode dizer mais? O nosso David Blanco, Juan José Cobo, David de la Fuente ou Rafael Valls são ciclistas que já demonstraram poder animar qualquer Grande Volta e, então, porque não vai a Geox ao Tour?
Em primeiro lugar porque o novo sistema (ou velho, porque está à demasiado tempo) de participação nas grandes provas (Pro Tour, World Tour, ou lá como se chama) convida obrigatoriamente Sky, Lampre, Astana ou Vacansoleil. Nestas três equipas, não há nenhuma figura mais marcante na história recente do Tour do que Sastre ou Menchov. Ok, há Vinokorov e Riccò, mas por maus motivos… não vamos por aí.
Estando 18 equipas (incluindo essas 4) com presença assegurada nas maiores provas, sobram quatro vagas para convites (e o Giro convidou 5…), que, como facilmente se entende, a organização do Tour entregou a equipas francesas. Europcar (ex-BBox), Cofidis e FDJeux foram convidadas como em anos anteriores e a Saur-Sojasun estará presente pela primeira vez. O que terá feito a ASO optar por estes e não pela Geox? Há quem diga que, além da nacionalidade, o facto da Geox ser a sucessora da Saunier Duval de Iban Mayo, Leonardo Piepoli ou Riccardo Riccò, três ciclistas que deram positivo no anti-doping e os dois últimos abalaram mesmo o Tour 2008, onde já levavam 3 vitórias entre eles. Calma, insipirar, expirar, continuar a ler:
Não seria “giro” a Geox não ir ao Tour porque um dia Riccò acusou positivo numa antecessora sua e o mesmo Riccò andar no Tour a pavonear-se e lançar veneno como é o seu estilo? Entretanto, como se trata de um “serial dopper” (como alguém já lhe chamou) arruinou todas as suas hipóteses de alguma vez voltar a correr. Depois disto, nem a Androni ou a Lampre o devem aceitar... coisas de bons rapazes.
Como o Tour os deixou de fora, o Giro e Vuelta contarão com os craques da Geox. Para os ciclistas, do mal o menos.
*****
E, porque o ciclismo corrido é lindo e é disso que nós mais gostámos, já está na estrada o Paris-Nice e o Tirreno-Adiático está à porta. Em França correm o Bruno Pires e o Sérgio Paulinho e em Itália correrá o Tiago Machado, que certamente será competitivo como sempre e tentará continuar na onda do Algarve e fazer uma boa geral na prova dos Dois Mares. Enquanto a força física e as ganas de vencer que ele tem estiverem juntas, não faltará espectáculo e alegrias para os tugas.
Thomas de Gendt venceu a primeira etapa do P-N e lidera, enquanto Greg Henderson venceu a segunda. Para ver os quilómetros finais, basta acarregar nos links.
*****
Fugindo ao ciclismo mas continuando no desporto nacional, quero dar os parabéns ao Francis Obikwelu pela sua medalha de ouro nos 60m dos Europeus de Pista Coberta. Ao Francis e, claro, ao Manuel Páscua. Será que Páscua já ligou ao “nosso” Obikwelu a dar-lhe os parabéns? Coisas de bons rapazes.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Share